*** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

default *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Vlads_MU em 02.08.07 18:08

Relembrando a primeira mensagem :

Bom pessoal..eu criei esse topico aki pq ultimamente tenhu lido umas coisas muito interessantes sobre umas figuras ai da mitologia e algumas delas agente ate tem um persoganem no CDZ..q torna a historia mais interessante ainda... bom.. eu vou postar aki aos poukinhsu as historias q estou lendo... kem kizer descordar ou acrescentar algo..estamos ai.. e ate bom para aprendermos..mais coisas... pra kem ja conhece blz.. nem precisa ler hehe..eu vou começar contando a historia do orfeu.. e de Lucifer.... se ja tiver alguma coisa aki no topico sobre issu..alguem por favor me avisa que vo falar com o moderador..pra cancelar meu topico ou tranca-lo..... valeuuu


ORFEU E EURÍDICE



"Orfeu, filho de Apolo e da Musa Calíope, recebeu de seu pai, como presente, uma lira e aprendeu a tocar com tal perfeição que nada podia resistir ao encanto de sua música. Não somente os mortais, seus semelhantes, mas os animais abrandavam-se aos seus acordes e reuniam-se em torno dele, em transe, perdendo sua ferocidade. As próprias árvores eram sensíveis ao encanto, e até os rochedos. As árvores ajuntavam-se ao redor de Orfeu e as rochas perdiam algo de sua dureza, amaciadas pelas notas de sua lira.

Himeneu foi convocado para abençoar com sua presença o casamento de Orfeu e Eurídice, mas, embora tivesse comparecido, não levou consigo augúrios favoráveis. Sua própria tocha fumegou, fazendo lacrimejar os olhos dos noivos. Coincidindo com tais prognósticos, Eurídice, pouco depois do casamento, quando passeava com as ninfas, foi vista pelo pastor Aristeu, que, fascinado por sua beleza, tentou conquistá-la. Ela fugiu e, na fuga, pisou em uma cobra, foi mordida no pé e morreu. Orfeu cantou o seu pesar para todos quantos respiram na atmosfera superior, deuses e homens, e, nada conseguindo, resolveu procurar a esposa na região dos mortos. Desceu por uma gruta situada ao lado do promotório do Tenaro e chegou ao reino do Estige, atravessando o lago na barca guiada por Caronte. Passando através de multidões de fantasmas, apresentou-se diante do trono de Plutão e Prosérpina e acompanhado pela lira, cantou:

"Ó divindades do mundo inferior, para o qual todos nós que vivemos teremos que vir, ouvi minhas palavras, pois são verdadeiras. Não venho para espionar os segredos do Tártaro, nem para tentar experimentar minha força contra o cão de três cabeças que guarda a entrada. Venho à procura de minha esposa, a cuja mocidade o dente de uma venenosa víbora pôs fim prematuro. O Amor aqui me trouxe, o Amor, um deus todo-poderoso entre nós, que mora na Terra e, se as velhas tradições dizem a verdade, também mora aqui. Imploro-vos: uni de novo os fios da vida de Eurídice.

Nós todos somos destinados a vós, por essas abóbadas cheias de terror, por estes reinos de silêncio, e, mais cedo ou mais tarde, passaremos ao vosso domínio. Também ela, quando tiver cumprido o termo de sua vida, será devidamente vossa. Até então, porém, deixai-a comigo, eu vos imploro. Se recusardes, não poderei voltar sozinho; triunfareis com a morte de nós dois.

Enquanto cantava estas ternas palavras, os próprios fantasmas derramavam lágrimas. Tântalo, apesar da sede, parou, por um momento seus esforços para conseguir água, a roda de Íxon ficou imóvel, o abutre cessou de despedaçar o fígado de Prometeu, as filhas de Danao descansaram do trabalho de carregar água em uma peneira e Sísifo sentou-se em seu rochedo para escutar. Então, pela primeira vez, segundo se diz, as faces da Fúrias umedeceram-se de lágrimas, Prosérpina não pôde resistir, e o próprio Hades cedeu. Eurícide foi chamada, e saiu do meio dos fantasmas, recém-vindos, coxeando, devido à ferida no pé. Orfeu teve a permissão de levá-la consigo, com uma condição: a de que não se voltaria para olhá-la, enquanto não tivessem chegado à atmosfera superior. Nessas condições, os dois saíram, Orfeu caminhando na frente e Eurídice, atrás, através de passagens escuras e íngremes, num silêncio absoluto, até quase atingirem as risonhas regiões do mundo superior, quando Orfeu, num momento de esquecimento, para certificar-se de que Eurídice o estava seguindo, olhou para trás, e Eurídice foi, então, arrebatada. Estendendo os braços, para se abraçarem, os dois apenas abraçaram o ar! Morrendo pela segunda vez, Eurídice não podia recriminar o marido, pois como haveria de censurar sua impaciência em vê-la?

- Adeus! - exclamou - Um último adeus!

E foi afastada, tão depressa, que o som mal chegou aos ouvidos de Orfeu. Ele tentou seguí-la, e procurou permissão para voltar e tentar outra vez libertá-la, mas o rude barqueiro repeliu-o e recusou passagem. Orfeu deixou-se ficar à margem do lago durante sete dias, sem comer nem dormir; depois, amargamente acusando de crueldade as divindades do Érebo, cantou seus lamentos aos rochedos e às montanhas, abrandando o coração dos tigres e afastando os carvalhos de seus lugares. Manteve-se alheio às outras mulheres, constantemente entregue à lembrança de seu infortúnio. As donzelas trácias fizeram tudo para seduzí-lo, mas ele as repeliu. Elas o perseguiram enquanto puderam, mas, vendo-o insensível, certo dia, excitada pelos ritos de Dionísio (*Baco*), uma delas exclamou: "Ali está aquele que nos despreza!" e lançou-lhe seu dardo. A arma, mal chegou ao alcance do som da lira de Orfeu, caiu inerme aos seus pés. O mesmo aconteceu com as pedras que lhe foram atiradas. As mulheres, porém, com sua gritaria, abafaram o som da música e Orfeu foi então atingido e, dentro em pouco, os projéteis estavam manchados de seu sangue. As furiosas mulheres despedaçaram o vate e atiraram sua lira e sua cabeça ao Rio Orfeu, pelo qual desceram ainda tocando e cantando a triste música, à qual as margens do rio respondiam com plangente sinfonia. As Musas ajuntaram os fragmentos do corpo de Orfeu e os enterraram em Limetra, onde, segundo se diz, o rouxinol canta sobre seu túmulo mais suavemente que em qualquer outra parte da Grécia. A lira foi colocada por Zeus entre as estrêlas. A sombra do vate entrou, pela segunda vez, no Tártaro, onde procurou sua Eurídice e a tomou, freneticamente, nos braços. Os dois passearam pelos campos venturosos, juntos agora, indo ele, às vezes, na frente, às vezes ela, e Orfeu a contemplava tanto quanto queria, sem ser castigado por um olhar descuidado.


Em breve a historia de Lúcifer.....vejam a prévia..muito maneiro

Para kem n sabe lúcifer era o anjo preferido de DEUS, ele era o anjo mas bonito e o anjo que tocava as musicas mas belas
para DEUS, Digamos que ele era o cantor oficial. So que como aos humanos DEUS tb deu liberdade de sentimentos para os anjos,
e como lúcifer era o mais proximo de DEUS ele via de perto toda adoração dos anjos todo louvor todo amor, que todos os anjos
sentiam e davam a DEUS, e isso com o passar do tempo foi lhe causando inveja, então lucifer meio que resolveu fazer alguns
anjos tentarem gostar dele tb, so q ninguem dava bola pra ele pq todos seguiam a DEUS.. e por esse motivo lucifer começou a defamar
DEUS e começou a criar mentiras para que os anjos o seguesem e o adorasse..com com tantas mentiras e defamação..lucifer foi banido
dos seus e principalmente de DEUS..e desde entao ele criou seu reino e luta para que as almas o adorem e n adorem a DEUS, porem
o unico meio que ele consegue fazer isso e sempre com iluções, maldade, e principalmente mentiras.

Um curiosidade interessante é desde sempre a igreja prega que devemos sempre estar louvando a DEUS pq isso afasta os maus espiritos
o motivo e muito simples..quando louvamos a DEUS e como se estivessemos assumindo o lugar q o coisa ruim pertencia..e acabamos
lembrando a ele a adoração q temos por DEUS e tao odiada por ele..e issu irrita tanto ele.. q ele n guenta nem ficar perto..se kem
esta cantando pra DEUS....


enfim.. hehe em breve mas detalhes...
avatar
Vlads_MU

Masculino Áries
Idade : 33
Localização : RJ - Rio de Janeiro
Ocupação : Arquiteto - Designer projetista

Data de inscrição : 13/07/2007

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36210761

Voltar ao Topo Ir em baixo


default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Pleao em 08.08.07 1:02

Vlads obrigado pelas historias ! Ótima iniciativa...

Pleao

Data de inscrição : 29/11/2006

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Vlads_MU em 08.08.07 8:00

"Vlads obrigado pelas historias ! Ótima iniciativa..."

Valeu Pleao um elogio vindo de vc é uma honra hehe.velu msm.


Bom vou postar mas 3 historias, Hera, Hermes, Dionisio ou Dioniso Deus dos delirios. Atentem para o elmo do dionisio é sensacional é um cacho de uva rsrrs. abçs espero q gostem..


Dionisio....




Hermes.....




Hera....


Vlads_MU

Data de inscrição : 13/07/2007

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36210761

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Vlads_MU em 08.08.07 10:17

Pessoal vou postar mas 4 historias dos mestres do submundo hehe Hades, Eaco ou Aiacos e Radamanto ou Radamanthys como o conhecemos hehe e Minos. Depois dessas historias irei fazer apenas mais 1 post com + 4 historias e ai vou dar um tempo pra todo mundo ler as milhoes de historias q eu ja postei. E vou repeti oq eu ja disse.. se alguem kizer alguma historia de um Deus ou algum "Ser" específico é so pedir.. q ai eu posto dinovo a histora pedida. E issu ai pessoa espero q gostem abraços...


Hades....




Rada......




Eaco...





Minos...


avatar
Vlads_MU

Masculino Áries
Idade : 33
Localização : RJ - Rio de Janeiro
Ocupação : Arquiteto - Designer projetista

Data de inscrição : 13/07/2007

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36210761

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Legionario em 08.08.07 15:17

Peço Licença ao Cavaleiro Vlads_Mu e vou dar minha modesta
contribuição trazendo a mitologia de Pandora e de outros cavaleiros da
nossa tão amada série...



Pandora
Pandora


Na mitologia grega, Pandora ("bem-dotada") foi aprimeira mulher, criada
por Zeus como punição aos homens pela ousadia do titã Prometeu em
roubar aos céus o segredo do fogo.
Em sua criação
os vários deuses colaboraram com partes; Hefestos moldou sua forma a
partir de argila, Afrodite deu-lhe beleza, Apolo deu-lhe talento
musical, Deméter ensinou-lhe a colheita, Atena deu-lhe habilidade
manual, Poseidon deu-lhe um colar de pérolas e
a certeza de não se afogar, e Zeus deu-lhe uma série de características
pessoais, além de uma caixa, a caixa de Pandora.
…Filho
de Jápeto, sobre todos hábil em suas tramas, apraz-te de furtar o fogo
fraudando-me as entranhas; grande praga para ti e para os homens
vindouros! Para esse lugar do fogo eu darei um mal e todos se alegrarão
no ânimo, mimando muito este mal’. Disse assim e gargalhou o pai dos
homens e os deuses; ordenou então ao início Hefesto muito velozmente
terra à água misturar e aí pôr humana voz e força, e assemelhar de
rosto às deusas imortais esta bela e deleitável forma de virgem; e a
Atena ensinar os trabalhos, o polideláleo tecido tecer; e à áurea
Afrodite à volta da cabeça verter graça, terrível desejo e preocupações
devoradoras de membros. Aí pôr espírito de cão e dissimulada conduta
determinou ele a Hermes Mensageiro Argifonte. Assim disse e obedeceram
Zeus Cronida Rei. …Fala o arauto dos deuses aí pôs e a esta mulher
chamou Pandora, porque todos os que têm olímpia morada deram-lhe um
dom, um mal aos homens que comem pão. E quando terminou o íngreme
invencível ardil, a Epimeteu o pai enviou o ínclito Argifonte veloz
mensageiro
dos deuses, o dom levando; Epimeteu não pensou no que Prometeu lhe
dissera jamais dom do Olímpio Zeus aceitar, mas que logo o devolvesse
para mal nenhum nascer aos homens mortais. Depois de aceitar, sofrendo
o mal, ele compreendeu. Antes vivia sobre a terra a grei dos humanos a
recato dos males, dos difíceis trabalhos, das terríveis doenças que ao
homem põe fim; mas a mulher, a grande tampa do jarro alçado,
dispersou-os e para os homens tramou tristes pesares.
Sozinha, ali, a Expectação em indestrutível morada abaixo da bordas
restou
e para fora não voou, pois antes repôs ela a tampa no jarro, por
desígnios de Zeus porta-égide, o agrega-nuvens. Mas outros mil pesares
erram entre os homens; plena de males, a terra, pleno, o mar; doenças
aos homens, de dia e de noite, vão e vêm, espontâneas, levando males
aos mortais, em silêncio, pois o tramante Zeus a voz lhes tirou. Da
inteligência de Zeus não há como escapar!

Kraken
Isaac


O Kraken era uma espécie de lula ou polvo gigante
que ameaçava os navios no folclore nordico pós séc XVI . Este
cefalópode tinha o
tamanho de uma ilha e cem braços.O Kraken tinha
fama de destruir navios mas só destruía aqueles que poluíam o mar.Ao
contrario do que muitos pensam o Kraken não é advindo da mitologia
nordica, não existe nenhum registro de seu apareçimento nos Eddas, o
mais provavél é que seja uma lenda advinda das navegações que os
noruegueses faziam já tardiamente.
O Kraken
também é confundido por ser visto na mitologia grega como uma sépia
gigante que controlava as tempestades e as profundezas oceânicas e que
habitava uma caverna submersa.Mas também não há registro do Kraken na
mitologia grega.

Chrysaor
Krishna


Na Mitologia Grega, Chrysaor , irmão de Pegasus, foi descrito
frequentemente como um homem novo, o filho de Poseidon e o Medusa.

Concebido no assoalho de um templo a Artemis, depois do qual o Medusa
se transformou em um monstro. Como tais, Chrysaor e seu irmão, o cavalo
alado Pegasus,nasceu até que Perseus arrancou fora da cabeça de Medusa.
FSe geraram das gotas de seu sangue que caíram no mar; alguns dizem que
saltaram da garganta quando Perseus decaptou-a, um nascimento “mais
honrado” , como o nascimento de Athena da cabeça de Zeus.
Chrysaor é dito ter sido rei de Iberia (Espanha e Portugal). Chrysaor
teve um filho, Geryon, de Callirhoe, filha de Oceanus. “Chrysaor,
casado a Callirhoe, filha de Oceanus , era pai ao Geryon de três
cabeças, mas Geryon foi morto pela força grande de Hercules.

Sirene
Sorento


Sereia, Sirene ou Sirena é um ser mitológico, parte mulher e parte
peixe (ou pássaro, segundo vários escritores e poetas antigos). É
provável que o mito tenha tido origem em relatos da existência de
animais com características próximas daquela que, mais tarde foram
classificados como sirénios.
Filhas do rio Achelous e da musa Terpsícore. Não confundir com Hárpias.

Habitavam os rochedos entre a ilha de Capri e a costa da Itália. Eram
tão lindas e cantavam com tanta doçura que atraíam os tripulantes dos
navios que passavam por ali para os navios colidirem com os rochedos e
afundarem. Odisseu, personagem da Odisséia de Homero, conseguiu
salvar-se porque colocou cera nos ouvidos dos seus marinheiros e
amarrou-se ao mastro de seu navio, para poder ouvi-las sem poder
aproximar-se. As Sereias representam na cultura contemporânea o sexo e
a sensualidade.

Na Grécia Antiga, porém, os seres que atacaram
Odisseu eram na verdade, retratados como sendo sirens, Mulheres que
ofenderam a deusa Afrodite e foram viver numa ilha isolada.Se
assemelham às harpias, mas possuem penas negras, uma linda voz e uma
beleza única.
Bom... trarei mais em breve.....
lol!


Roz@n Shoryuha
avatar
Legionario

Masculino Câncer
Idade : 31
Ocupação : Funcionário Público

Data de inscrição : 31/07/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Vlads_MU em 09.08.07 7:40

Bom galera como eu disse la em cima no outro post ontem "irei fazer apenas mais 1 post com + 4 historias e ai vou dar um tempo pra todo mundo ler as milhoes de historias q eu ja postei. E vou repeti oq eu ja disse.. se alguem kizer alguma historia de um Deus ou algum "Ser" específico é so pedir.. " Então por enquanto n vou ficar mas fazendo post direto aki a n ser q eu ache alguma historia muuuito maneira q precise ser contada..entao podem ler ai com calma comentar se kizer..e se alguem tiver algum pedido e so falar..abraços ..e ai vao as 4 ultimas historias com o fechamento de chave de ouro contando a historia de Atena.


Hestia....



Iris....




Eros....




Atena....



avatar
Vlads_MU

Masculino Áries
Idade : 33
Localização : RJ - Rio de Janeiro
Ocupação : Arquiteto - Designer projetista

Data de inscrição : 13/07/2007

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36210761

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Vlads_MU em 21.08.07 13:06

Mas uma historinha que eu achei muito interessante sobra as amazonas...


"Quem São Amazonas?"

Povo mítico de mulheres, governado por uma rainha e não admitindo homens na sua cidade senão como servos, as Amazonas, vindas do Cáucaso, estabeleceram o seu reino na Capadócia (Ásia Menor).

Elas descendiam do deus da guerra Ares e, por isso, as suas paixões eram a guerra e a caça. As Amazonas veneravam, particularmente, a deusa Ártemis, de quem seguiam, escrupulosamente, o exemplo (atribui-se-lhes a fundação da cidade de Éfeso e do famoso templo de Ártemis, uma das maravilhas do mundo antigo).

Uma vez por ano, elas aceitavam no seu reino a presença de homens, a fim de assegurar a sua descendência, mas matavam ou mutilavam todos os recém-nascidos do sexo masculino. As filhas retiravam o seio direito', a fim de lhes permitir manejar o arco mais comodamente.

Segundo a lenda, as Amazonas aparecem, constantemente, em oposição aos Gregos. Belerofonte é um dos heróis que irá lutar contra estas mulheres guerreiras. Essa luta constitui uma das provas a que ele deverá submeter-se, por ordem do seu sogro, o rei da Lícia. Este combate resultará num grande massacre das Amazonas.

Héracies é outro dos heróis que deverá enfrentar as Amazonas. A sua missão consiste em roubar o cinto encantado que Hipólita, rainha das Amazonas, tinha recebido do deus Ares e que era o símbolo do seu poder.

A fim de evitar uma guerra, a rainha consente em desfazer-se do objecto em questão, mas Hera, com a sua maldade e intriga, consegue provocar um confronto, obrigando Héracies a conquistar pela força o cinto encantado, matando a sua proprietária.

Certos autores afirmam que é no decurso dessa expedição que Teseu, companheiro de Héracies, rapta a irmã de Hipólita, Antíope, que ele engravida (o recém-nascido será herdeiro do nome de sua tia). Para punir Teseu - deste rapto, dizem uns; da infidelidade do herói, que foi ao ponto de desposar Fedra, dizem outros -, as Amazonas avançaram sobre a Ática, entraram em Atenas, acamparam na colina que mais tarde terá o nome de um dos seus antepassados divinos (Areópago=colina de Ares), mas foram vencidas por Teseu.

No decurso da guerra de Tróia, um contingente de Amazonas partiu em socorro dos Troianos. Aquiles intervém no combate e mata a rainha das Amazonas, Pentesileia. Conta-se que logo que ele viu o seu rosto e a sua beleza, significaria, assim: privada de um seio; mesmo que se considere o prefixo a como um aumentativo, de qualquer modo a palavra significa: mamal, e aplica-se então, perfeitamente, a Ártemis de Peso. Se não tivermos em conta a etimologia da palavra, o nome Amazona é dado hoje em dia às mulheres que montam a cavalo.
avatar
Vlads_MU

Masculino Áries
Idade : 33
Localização : RJ - Rio de Janeiro
Ocupação : Arquiteto - Designer projetista

Data de inscrição : 13/07/2007

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36210761

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Convidad em 27.08.07 20:43

Puts que trabalheira, to quase lendo tudo hehe li a metade, mas tipo muito F..s as historias muito maneiras mesmo, assim que der eu vou ler as que faltaram e ve se manda mais ai hehehe

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: *** Historia de Deuses e seres mitologicos***

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum